EmpresarialNoticias

Educação inclusiva: professora Donalda Baeta e a experiência nas escolas de Portugal

Como as intervenções pedagógicas podem ajudar alunos com diagnóstico a continuar os estudos nesta pandemia

Como se tem observado, a Educação é um dos segmentos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus, e não só no Brasil, mas também em muitas nações. Os mais prejudicados, sem dúvida, são os estudantes de famílias que vivem em comunidades mais vulneráveis, nas quais esse público enfrenta ainda outros desafios, como a falta de comida, de moradia adequada, de água potável, de saneamento básico e de acesso à saúde e à internet, bem como sofre pela ausência em seus lares de ferramentas tecnológicas (notebook, tablet, celulares etc.) para a continuidade dos estudos, além de não possuir domínio da tecnologia necessária para as aulas remotas.

Nesse sentido, destaque para os esforços de muitas escolas, assim como de seus especialistas e educadores, que têm apoiado as famílias com estratégias e práticas pedagógicas capazes de auxiliar crianças e jovens a se engajar mais nas propostas das aulas, na tentativa de minorar (e combater) a evasão escolar, no combate ao abandono(cortar) que tem se mostrado crescente e que deve impactar a Educação nos próximos anos. Também são inúmeras as intervenções que vão contribuindo para o estímulo de alunos acometidos por algum tipo de transtorno de aprendizagem ou diagnóstico de deficiência intelectual.

Esses assuntos serão abordados no 23º Congresso Internacional de Educação da Legião da Boa Vontade (edição on-line), que compartilhará nos dias 28, 29 e 30 de junho, experiências positivas vivenciadas nas salas de aula da Educação Básica, em 4 palestras e 10 práticas pedagógicas.

Entre os especialistas, a professora Donalda Baeta, que trará sua experiência sobre “Educação inclusiva — Intervenções pedagógicas e práticas nas escolas de Portugal”. Ela é doutora honoris causa em Ciências da Educação e Neuroeducação; mestre em Psicologia da Educação, com especialização em Necessidades Educacionais Especiais; e psicóloga, com especialização nas áreas Educacional e de Reabilitação, pela Universidade do Algarve.

Para participar deste encontro, basta fazer a inscrição, acessando a página www.lbv.org/congresso-de-educacao.

Serviço:

Evento: 23º Congresso Internacional de Educação da LBV — Edição on-line.

Tema: “Estratégias para aulas remotas — tecnologia, jogos e inclusão: Uma visão além do intelecto”.

Para quem: Professores e educadores sociais, gestores escolares e sociais, assistentes sociais, psicólogos e profissionais de áreas afins.

Data e horário: 28, 29 e 30 de junho, às 19h30.

Inscrições: www.lbv.org/congresso-de-educacao.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo