Polícia

Polícia Militar Ambiental de Três Lagoas fiscaliza 15 embarcações, autua três paulistas em R$ 1,5 mil por pesca ilegal no rio Paraná e apreende 600 metros de redes de pesca


Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas realizaram patrulhamento fluvial ontem (19), desde a madrugada até o incido da noite no rio Paraná, no município de Brasilândia e abordaram 15 embarcações, com 34 pescadores profissionais e amadores, além de pessoas que pescavam à margem do rio e autuaram três pescadores amadores, por pescar sem autorização ambiental.

Os pescadores, de 50, 52 e 41 anos, eram todos residentes em Dracena (SP) e foram surpreendidos quando iniciavam a pescaria ilegal e ainda não tinham capturado nenhum pescado. Com eles foram aprendidas três varas de pesca. Cada infrator foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 500,00, perfazendo R$ 1.500,00.

Varas apreendidas com os pescadores.

PETRECHOS ILEGAIS – Durante a fiscalização, os Policiais procuram sempre locais onde possam ter redes armadas, que é um dos petrechos mais preocupantes, dentre os petrechos proibidos à pesca, pela alta capacidade de depredar cardumes. A equipe retirou do rio, 12 redes de pesca armadas, medindo 600 metros. Os Policiais não localizaram os infratores que haviam armado as redes de pesca, o que é comum, porque eles normalmente, tanto armam como conferem os petrechos ilegais à noite, ou de dia com vigilância se há fiscalização no rio. Cerca de 10 kg de peixes que estavam presos aos petrechos ilegais foram soltos.

Redes apreendidas.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Publicado por: Ednilson Paulino Queiroz

Fonte: PM MS

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo